sábado, 28 de janeiro de 2012

COMUNICADO - Placa Amarela

Recebemos do Curitiba Roadsters repassando:
Logo

   Amigos Rodders


   O caminho trilhado pelos colecionadores para conseguir a placa preta, foi primeiramente definir uma classificação para determinar quais critérios seriam adotados na seleção dos carros que teriam este direito.


   Foi estipulado que carros de fabricação nacional com mais de 30 anos e carros de fabricação estrangeira com mais de 20 anos, que conservem pelo menos 90% de sua originalidade teriam direito a este beneficio.


   Estes carros são considerados patrimônio histórico e tem o direito de rodar com os equipamentos que tinham quando foram fabricados.


   Nosso caminho para conseguirmos a placa amarela, devera ser semelhante ao tomado pelos colecionadores.


   Temos representantes na classe política que podem apresentar projeto de lei para a placa amarela, porém nos deparamos com um problema até certo ponto curioso... temos que definir claramente o que é um Hot Rod e sua ligação histórica.


   A parte da ligação histórica também é fácil pois, é só comprovar o que todos sabemos, que o movimento Hot Rod tem origem na década de 1920, que foi e ainda é o maior movimento cultural ligando homens e máquinas da história, que envolve além de carros, música, moda e uma série de outras atividades sociais.


   Nesta parte ainda temos a argumentação do embelezamento das ruas de nossas cidades com o colorido dos carros, temos as atividades sociais promovidas pelos clubes de Hot Rods como arrecadação de donativos, eventos filantrópicos, beneficentes, etc.           
   Nós do Clube Curitiba Roadsters fazemos isto há alguns anos.


   Porém, como vamos definir o que é um Hot Rod, que carros e com que modificações se enquadram em nosso objetivo?


   Esse é o nosso desafio, definir claramente para que, mesmo um leigo entenda o que é um Hot Rod. O que poderia inicialmente parecer a parte mais fácil, na verdade é a parte mais complicada e delicada, por que envolve muita gente muitos gostos, e também interesses pessoais. 


   Mesmo nos EUA, as classificações dependem de interpretação, e tem grupos que consideram um ano como base e outros consideram outros.

   Amigos, vamos ter que encarar este desafio, minha sugestão é criarmos uma comissão nacional para dentro da lógica, de estudos históricos, utilizando todos os artifícios de que possamos dispor, estipularmos uma classificação para os Hot Rods, sem levar em conta gostos pessoais ou interesses de quem quer que seja.


O cadastro nacional irá nos ajudar muito nesta tarefa, se você tem interesse em participar envie seu cadastro para cadastreseuhot@hotmail.com ou para contato@curitibaroadsters.com, essa é uma luta de todos nós.


   Acesse nosso site e baixe o arquivo em excel, preencha-o e nos envie.


   Importante, não estamos falando em legalidade, pois se pagamos o licenciamento e IPVA anualmente, pressupõe que a Federação aceita este pagamento e não se opõe, logo, em contrapartida, nos libera pra rodar.


   O objetivo da "Placa Amarela" é o reconhecimento pela preservação histórica e cultural do movimento automobilistico Hot Rod, voltado aos anos dourados, resumindo, fazemos parte da história e a história deve ser preservada!


   Um abraço a todos.
Clube Curitiba Roadsters

Nenhum comentário:

Postar um comentário